• Home
  • /
  • Notícias
  • /
  • Hospital Regional Público de Castanhal (HRPC), em parceria com o Hemopa, bate meta no mutirão de doação de sangue ocorrido neste sábado

Hospital Regional Público de Castanhal (HRPC), em parceria com o Hemopa, bate meta no mutirão de doação de sangue ocorrido neste sábado

Para manter os níveis positivos de bolsas de sangue na região nordeste do Estado do Pará, o Hospital Regional Público de Castanhal (HRPC), em parceria com a Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa),  realizou neste sábado, 28, mutirão de doação de sangue no município de Castanhal. A ação bateu a meta estipulada e arrecadou mais de 70 bolsas, o que equivale em até 288 transfusões e vidas salvas.

Francisco Souza, é doador há mais de 20 anos e veio diretamente do município de Curuçá para participar do mutirão de doação de sangue. “Vim de lá bem cedo para ajudar. Esse é um ato de amor que faço há mais de 20 anos e vou fazer enquanto tiver vida”, disse.

O diretor geral do HRPC, Júlio Garcia, agradeceu a participação de todos e reforçou que a ação é a primeira de muitas que serão feitas. “Estamos muito felizes com a primeira campanha de doação de sangue em parceria com o Hemopa, agradecemos pelo engajamento de toda população de Castanhal e pela contribuição dos demais municípios. É muito importante que essas ações permaneçam, por isso, essa será a primeira de muitas que acontecerão. O HRPC dispõe de 50 leitos de UTIs e muitos pacientes que necessitam de sangue. Então esse engajamento de doação é muito importante e queremos agradecer a toda população que participou”, concluiu.

Você que não pôde participar, não fique de fora dessa corrente do bem. Uma bolsa de sangue doado pode salvar até 4 vidas. Para doar basta  ter entre 16 e 69 anos ou, caso seja menor de idade, apresentar a autorização dos pais. Todos os doadores devem estar alimentados, pesar mais de 50 quilos, apresentar bom estado de saúde, não ter apresentado sintomas de gripe/resfriado por 10 dias e ter, em mãos, documento de identificação original com foto. Procure o hemocentro mais próximo e doe vida.


Por Débora Barbosa

Assessoria de Comunicação HRPC | ASELC.