• Home
  • /
  • Notícias
  • /
  • Hospital Regional Público de Castanhal capacita profissionais para identificação de abuso sexual

Hospital Regional Público de Castanhal capacita profissionais para identificação de abuso sexual

Para melhorar o atendimento ao usuário e combater a violência contra pessoas em situação de vulnerabilidade social, o Hospital Regional Público de Castanhal (HRPC) promoveu na manhã desta quarta-feira (20) palestra sobre “Fluxo de atendimento à suspeita de abuso sexual”, com a participação do Núcleo de Atendimento Especializado da Criança e do Adolescente (Naeca) e da Vigilância em Saúde.

A ação visa instruir os profissionais de saúde que atuam diariamente em casos sociais, em situação de suspeita de violência e outros casos de vulnerabilidade social. A defensora Alba Aline falou sobre a importância de o corpo hospitalar ser capacitado para observar e denunciar violência. “Os profissionais de saúde que estão na linha de frente, recebendo as vítimas de violência sexual ou demais crimes de violência, precisam saber como ajudar e como orientar essas pessoas em situação de vulnerabilidade social. A notificação evita que a violência perpetue, e possibilita que, por meio da atuação da rede de proteção de garantia, aconteça a redução dos efeitos dessa violência”, ressaltou.

Notificação – Durante a palestra, os profissionais da Vigilância em Saúde explicaram como realizar a notificação e enfatizaram a necessidade da coleta dessas informações para a implementação de políticas sociais. “Precisamos enxergar a importância da notificação como instrumento de transformação de amparo social, que vai além de processo burocrático. É um modo de enxergar e pensar como o Estado pode agir no enfrentamento da violência”, disse Raiza Magnago, assistente social da Vigilância Epidemiológica.

“Com o treinamento, a equipe consegue ter um olhar mais aguçado, a fim de proteger e amparar pacientes em situação de violência e vulnerabilidade, e dessa forma garantir direito e cuidado no andamento do processo”, explicou a coordenadora do Serviço de Psicologia, Cleyce Costa.

O HRPC desenvolve constantes práticas de capacitação dos profissionais para o melhor cuidado e desenvolvimento do atendimento humanizado. O hospital pertence à rede de saúde do Governo do Pará, e atende pacientes pelo Sistema Único de Saúde (SUS). É administrado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), por meio da Associação de Saúde, Esporte, Lazer e Cultura (Aselc).

Texto: Débora Barbosa – Ascom/HRPC